História do Jiu Jitsu

ORIGEM

O Jiu Jitsu nasceu há mais de 2500 anos. Criado por monges budistas, um povo nômade e franzino que freqüentemente era saqueado por outros povos e que, por sua religiosidade, não podiam usar armas, desenvolveram uma forma de defesa baseada no estudo dos movimentos dos animais, tendo como princípio a força de alavanca que permitia um indivíduo bem mais fraco, vencer um mais forte e pesado. Logo esta forma de luta cruzou a Ásia e chegou ao Japão onde se tornou a luta dos samurais, exímios guerreiros que tinham como função defender seus senhores se preciso, com a vida.

Os samurais dominavam varias técnicas de combate como facas, lanças e arco e flechas e tinham no jiu jitsu, sua luta de corpo a corpo. O jiu jitsu se destacava, apesar da agressividade da época, por características como equilíbrio e flexibilidade que venciam a força bruta.

JIU JITSU NO BRASIL

Com a abertura dos portos Nipônicos ao ocidente foi decretado pelo imperador japonês crime de lesa-pátria ensinar jiu jitsu no Japão, como tentativa de preservar o jiu jitsu como cultura exclusiva do povo japonês. Porém, após a primeira guerra mundial, houve uma grande imigração do povo japonês e o Brasil foi o país escolhido pelo conde Maeda Koma, campeão japonês da época, para viver. Maeda chegou ao Pará em meados de 1920 onde conheceu Gastão Gracie, homem influente na cidade de Belém do Pará e que o ajudou na nova cidade.

Em gratidão ao amigo, o conde Maeda Koma ensinou jiu jitsu ao filho mais velho de Gastão, Carlos, que em pouco tempo já dominava as técnicas e dava aulas. Mas foi seu irmão Helio Gracie que desenvolveu o jiu jitsu, a ponto de o esporte hoje, ser reconhecido como a forma mais perfeita de luta de todo o mundo. Helio, com seus 63 quilos, venceu adversários com mais de 100, provando assim que a técnica vence a força. Essa cultura, hoje reconhecidamente brasileira, faz com que exportemos nosso jiu jitsu por todo o mundo, tendo o Japão como grande consumidor de nossa arte.

A palavra Jiu Jitsu significa “arte suave” devido a seu princípio de ceder para vencer, usar o peso e a força de seu adversário contra ele mesmo e, ainda, de criar para cada técnica, uma força de alavanca que lhe permita mover um oponente muito mais forte e pesado. Esse princípio orientador é fazer o uso mais eficiente das energias mental e física.

A LUTA

O Jiu Jitsu A palavra Jiu Jitsu significa "arte suave" por ter como princípio ceder para vencer, usar o peso e a força de seu adversário contra ele mesmo. O conceito dessa arte marcial consiste em permitir que um praticante mais fraco possa dominar outro mais forte, o que exige o uso mais eficiente das energias mental e física. O objetivo do Jiu Jitsu é dominar o adversário, entretanto o princípio básico é a defesa pessoa.

Três habilidades principais devem ser dominadas pelo praticante de jiu jitsu: o movimento, o equilíbrio e a alavanca.

O movimento será utilizado para criar as situações de perda de equilíbrio do adversário, o que lhe proporcionará a oportunidade de atacá-lo enfraquecido, pois sem equilíbrio não existe a força.

O equilíbrio próprio deve ser mantido sempre para que se tenha controle dos movimentos e para que se chegue com mais facilidade às posições de alavanca. 

A alavanca é usada para ampliar sua força e lhe permitir mover seu adversário ou mesmo atacá-lo.

Ao dominar as três habilidades descritas acima, um estrategista de jiu jitsu pode maximizar seu poder evitando, ao mesmo tempo, que seu oponente tire vantagem da força que tem. Um conhecedor da arte jiu jitsu sabe que a força só tem valor quando pode ser colocada em ação e, com a técnica apropriada, até mesmo uma criança pode vencer um poderoso adversário.

Com esses conceitos não quero dizer que a estratégia do jiu jitsu seja uma arma exclusiva para os fracos ou pequenos; pessoas ou empresas, grandes e fortes, se souberem usar esses conceitos aliados à sua força, se tornarão concorrentes extremamente perigosos. A força pura não significa muito, mas quando encontramos adversários do mesmo calibre de conhecimento, ela se torna um diferencial determinante para a vitória.

A prática do Jiu Jitsu proporciona diversos ganhos aos alunos, como aumento da flexibilidade, perda de peso, força física, aumento da autoconfiança e da autoestima.

Parceiros

2015 © Todos os direitos reservados à Team Mamutte Jiu-Jítsu | (14) 9.9778-6501